09/09/2010

saudade e outras coisas...



o que é saudade comparado à sensação que tenho agora?
A sua inevitável ausência em meus braços,
a falta que fazem seus lábios nos meus,
seu jeito inseguro, seu sonho maduro, nossos passeios noturnos…
Já vivi, já senti coisas parecidas assim, mas nada tão forte…
nada tão simples e nunca tão leve.
E te levo, te levo comigo. Bem dentro, inteira.
Em cada esquina que dobro, em cada canto que canto.
Nos sonhos que acordo querendo mais sonhos,
Te quero, te prezo, te espero.
Todo dia um dia a mais, todo dia um dia a menos.
Te peço, apenas seja você e, se puder, também seja minha.

2 comentários:

Nathália disse...

meu Deus.Divino!

Anderson S. disse...

muito bom, muito BOM mesmo. Parabéns.

Postar um comentário

 
Real Time Web Analytics